cirurgia ortognática
Cirurgia Ortognática

Como uma cirurgia corretiva, ela devolve a função mastigatória associada a estética, buscando um melhor encaixe do osso da maxila (onde ficam os dentes superiores) e da mandíbula (dentes inferiores). Nossa imagem facial tem características genéticas e de desenvolvimento da face (como se formam ossos, músculos e tecidos) que podem não estar adequados tanto no aspecto de saúde, bem como de beleza, e acabam influenciando na sua autoimagem.

Avaliar o quanto as alterações do tamanho e forma dos ossos, quanto as alterações que ocorrem no perfil do rosto da pessoa são relevantes nesse caso. Por exemplo, paciente com queixo mais evidente, mais para fora, ou o contrário, com o queixo mais para dentro, parecendo que o paciente tem pouco queixo. Devolver a harmonia facial reposicionando ossos, podemos devolver o equilíbrio da mastigação e da estética do rosto.

No entanto, apesar de ser uma cirurgia estética, ela é muito indicada por alterações de função, não percebidas pelo paciente, que ocorrem durante o crescimento, o corpo vai se adaptando. Dentre as mais importantes estão as alterações respiratórias que dificultam a passagem de ar como, respirar muito pela boca, lábios secos, dificuldade manter os lábios se tocando, apneia obstrutiva do sono, respiração deficiente, ronco. Alguns pacientes só descobrem que respiravam mal após a realização da cirurgia, pois ocorre uma melhora enorme e pela correção da posição dos ossos.

Na verdade, a cirurgia ortognática é um segundo passo de um planejamento de um tratamento combinando com a ortodontia quando acontece a limitação na movimentação dos dentes para o resultado desejado. Assim, se busca o correto encaixe dos dentes com um sorriso mais bonito e um rosto mais harmônico, que, por consequência, uma pessoa com confiança e autoestima elevada por estar mais feliz com sua imagem pessoal.

Muitos pacientes acabam desistindo só em pensar na palavra cirurgia, mas os procedimentos cirúrgicos de ortognática tem se tornado cada vez mais simples, com menor tempo de recuperação e retorno à vida social. Tire suas dúvidas com um especialista em Cirurgia Buco-maxilo-facial, e não tenha meda em atingir melhores resultados.

×