tratamento de canal
Tratamento de Canal

Endodontia- Tratamento de Canal

Essa especialidade trata o dente por dentro, ou seja, o “nervo” do dente e os tecidos que estão em contato com a ponta da raiz. Avaliar o estado do nervo e os tratamentos necessários da dor de dente, sinais e sintomas, tratamento de canal são funções que um especialista em endodontia executa. Infelizmente as pessoas associam o tratamento de canal à dor, mas isso não é mais verdade. Novas técnicas, com novos instrumentos de trabalho e menor tempo de tratamento diminuíram muito esse tipo de problema.  

Mas por que se trata o canal do dente?

Dente quebrado, dente com batidas, dente com cárie extensa, dente com problema na gengiva severo, dente com dor, ou seja, as causas são inúmeras. De forma resumida, são situações que o dente apresenta alguma inflamação ou infecção no nervo do dente, quando a tentativa do dente se recuperar naturalmente é menor do que ele pode, e dor e inchaço na face ou pus.

Com frequência, acabam sendo consultas de urgência, e aí o paciente pergunta: “Quer dizer que o meu dente morreu?” De forma mais simples sim, mas ele não precisa ser tirado. Se tratarmos a ferida ou a infecção que ocorre dentro dele, limpando e removendo inflamação e bactérias, com produtos e instrumentos para permitir cicatrização e o dente seguir a sua função normalmente.

No entanto, pode ocorrer do paciente não sentir dor e ter uma infecção a bastante tempo em algum dente. Nesses casos, as consultas de revisão se tornam muito importantes para encontrar o que não está saudável na boca, inclusive lesões em exames de imagem. Mas o fato de não doer não significa que deva ser ignorado, pois podem estar ocorrendo a muito tempo e se não tratadas podem causar em algum momento dor ou ser muito mais complexo o tratamento quanto mais tempo demorar para tratar.

Mas tratamento de canal é dolorido! É demorado e dói!

Antigamente realmente tratar um canal de um dente era demorado dolorido e com pouco conhecimento científico. Hoje, com as novas técnicas, o tratamento é muito mais simples, pois se tem mais exatidão da área tratada, medicamentos  mais eficientes e materiais e instrumentos que deixam esse tratamento mais confortável e tranquilo, inclusive nos entes mais difíceis de serem tratados. De forma prática, o tratamento de canal consiste em remover a contaminação por bactérias com instrumentos, raspando internamente o canal do dente e colocação de medicamentos necessários. Após o canal estar limpo e desinfectado, é necessário preencher esse espaço vazio e limpo com materiais que colaborem para que não contamine novamente e deixem o dente exercer seu papel. 

O dentista me indicou refazer o tratamento de canal, mas por quê?

Infelizmente é algo que pode acontecer. O tratamento de canal não termina quando o dentista finaliza o tratamento, a cicatrização da ferida ou infecção continua ocorrendo de forma silenciosa por muito tempo. Mas como estamos falando de questões biológicas, as vezes pode não ocorrer de forma ideal e algumas dificuldades podem ocorrer como:

_ questões relacionadas a forma que foi realizado o tratamento, habilidade do profissional,instrumentos, medicamentos, condutas;

_ tipo de bactérias existentes serem mais agressivas e resistentes que em algum momento podem causar nova infecção;

– a possibilidade de existirem canais extras de difícil visualização em radiografias e exames de imagem ou ter canais que nenhum instrumento ou medicação podem atingir;

– Contaminação de tratamentos anteriores por infiltrações e lesões de cárie. Dente quebrado que o paciente demora para avaliar faz com que o canal fique em contato com a boca. Assim, não se pode ter certeza de que as bactérias que são micrométricas não estejam ali, e podem ser um fator de insucesso do dente, principalmente se o que for feito depois desse retratamento é complexo e de valor financeiro.

Essas são algumas dúvidas sobre tratamento de canal. Não tenha medo de realizar esse tratamento. Com um profissional capacitado, o tratamento pode ser bem simples e previsível. Se você sentir disposto a saber mais e talvez esteja em busca desse tratamento, agende conosco uma consulta com nossa especialista em Endodontia, Dra. Lidiane Togni.

×